Projetos de Inovação Tecnológica

O conhecimento tecnológico no atual mercado competitivo mundial tende a ser cada vez maior e mais diversificado. O aumento da capacitação tornou-se essencial para os países em desenvolvimento, em uma economia global caracterizada pela rápida disseminação da informação e de novas tecnologias, pela diminuição das distâncias e onde mais e mais processos econômicos requerem trabalhadores cada vez mais capacitados. Em geral, os países, seja qual for o grau de desenvolvimento de suas economias, possuem diversos instrumentos de estímulo ao desenvolvimento tecnológico, que variam de acordo com os seus sistemas institucionais, tais como incentivos fiscais, financiamento, legislação regulatória, etc.

No Brasil, as empresas inovadoras respondem por 75% do valor agregado da indústria. Estas empresas são mais produtivas, empregam mais e oferecem ao mercado melhores salários do que as empresas que não investem em inovação.

O Governo Federal tem demonstrado grande apoio a este tipo de iniciativa. Programas de financiamento vêm sendo criados com o intuito de dar suporte a empresas que investem em pesquisa e desenvolvimento. Exemplos disso são as linhas de financiamento oferecidas pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e pela Finep (Financiadora de Estudos e Projetos).

Outro exemplo de incentivo do governo a projetos de pesquisa e inovação é o decreto que permite que a pessoa jurídica sujeita ao regime de tributação do imposto de renda com base no lucro real que contratar a Instituição Científica e Tecnológica – ICT para executar projeto de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, exclua do lucro líquido, para efeito de apuração do lucro real e da base de cálculo da CSLL, o valor dos gastos investidos no projeto.


A cada dia que passa novas técnicas de gestão da inovação são introduzidas no mercado com total apoio e incentivo dos governos, e empresas nacionais e multinacionais necessitam adequar-se rapidamente aos novos processos e suas inúmeras variações. A atuação da ELO nos processos de inovação tecnológica possibilita o desenvolvimento de diferentes projetos e facilita a busca por incentivos fiscais por parte do governo para a viabilização de cada um deles.

São vários os motivos que levam as empresas atuais a investirem em projetos de inovação tecnológica, mas, sem dúvida, o principal deles é que empresas que não investem em inovação, hoje, são consideradas praticamente fora do mercado ou improdutivas.


A expertise da ELO envolve os seguintes assuntos:
 



© 2011 Grupo ELO - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por GTA Multimídia